Nas estradas e encruzilhadas da Vida, liberto das roupagens da vaidade e da jactância, tento merecer esta minha condição de ser vivo.

15
Dez 11





Nas folhas do calendário,

os homens contam os dias

das contas deste rosário

que eu desfio e tu desfias…

 

Há dias de aniversário

e efémeras alegrias,

outros doendo o fadário

de angústias e litanias…

 

Em Dezembro estou agora.

Mais um ano que passou!

O inverno já não demora…

 

E o milagre nunca ousou

parar o tempo nesta hora

que Pedro depois negou…

 

 

 

José-Augusto de Carvalho

14 de Dezembro de 2011.

Viana*Évora*Portugal
publicado por Do-verbo às 15:19

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
16
17

19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO