Nas estradas e encruzilhadas da Vida, liberto das roupagens da vaidade e da jactância, tento merecer esta minha condição de ser vivo.

29
Ago 12

 1919

 

 

 

 

 

 

 
***
2012

 

Não se contesta o alerta
dos malefícios do alcool e do tabaco,
mas o fundamentalismo e o assalto
à bolsa dos cidadãos.
publicado por Do-verbo às 22:18

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14

19
20
21
22
23
25

26
27
28
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO