Nas estradas e encruzilhadas da Vida, liberto das roupagens da vaidade e da jactância, tento merecer esta minha condição de ser vivo.

19
Set 12

A música portuguesa está de luto:

faleceu, ontem, o dr. Luiz Goes. 

 

Dr. Luiz Goes (1933-2012)

Cantor inesquecível, Poeta e Compositor inspirado, transcrevo um dos seus belos poemas:
*
Homem Só, Meu Irmão

Letra e música: Luiz Goes
Intérprete: Luiz Goes

Tu, a quem a vida pouco deu,

que deste o nada que foi teu
em gestos desmedidos...
Tu, a quem ninguém estendeu a mão
e mendigas o pão dos teus sentidos,
homem só, meu irmão!

Tu, que andas em busca da verdade

e só encontras falsidade
em cada sentimento,
inventa, inventa, amigo, uma canção
que dure para além deste momento,
homem só, meu irmão!

Tu, que nesta vida te perdeste

e nunca a mitos te vendeste
– dura solidão –,
faz dessa solidão teu chão sagrado,
agarra bem teu leme ou teu arado,
homem só, meu irmão!


Como doente, tive o privilégio de conhecer o Dr. Luis Goes

e de lhe manifestar a minha admiração.

Aqui fica o meu adeus sentido.


publicado por Do-verbo às 20:29

Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

17
18
20
21
22

23
24
25
26
28
29



mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO